Conceitos da Gestão de Mudanças Organizacionais Aplicados ao Gerenciamento de Projetos: Utilização do HCMBOK em um Projeto de Engenharia

Holdai Ribeiro Almeida, Américo da Costa Ramos Filho

Resumo


Nos últimos anos, alguns autores se dedicaram a pesquisar sobre a necessidade de aplicar conceitos da Gestão de Mudanças (GM) ao Gerenciamento de Projetos (GP) afim de desenvolver melhores formas de lidar com questões humanas, gerando maior efetividade nas entregas do empreendimento. Visando contribuir com estas pesquisas, o presente estudo investigou a aplicação de conceitos da GM para este fim na utilização de um modelo específico sobre o tema em um projeto de engenharia de orçamento elevado, com alto valor agregado para a organização e com grande diversidade de stakeholders. Os dados obtidos a partir de entrevista semiestruturada foram analisados através de uma abordagem indutiva e, em seguida, de acordo com uma abordagem por correspondência, foram comparados a base teórica construída no próprio estudo e ao conteúdo teórico do HCMBOK®, gerando um sentido mais amplo para as respostas obtidas. Os resultados reforçaram o entendimento de que a aplicação dos conceitos de GM no GP permite o desenvolvimento de habilidades e técnicas para estabelecer um propósito comum quanto a mudança, identificar e analisar stakeholders, implementar uma comunicação efetiva, planejar e executar a transferência de conhecimento para os colaboradores da organização afetados pela mudança e motivar a equipe de projeto.


Palavras-chave


Gerenciamento de Projetos; Gestão de Mudanças; Fatores Humanos em Projetos; Gerenciamento de Partes Interessadas em Projetos; Metodologias de Gestão de Mudanças em Projetos

Texto completo:

PDF

Referências


Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa (4o ed). São Paulo: Atlas.

Gonçalves, V. (2015). Gestão de Mudanças 3G - O Fator Humano na Liderança de Projetos do Terceiro Milênio. Mundo Project Management, (61), 38–40.

Gonçalves, V. (2017, setembro 1). O Fator Humano na Liderança de Projetos - HCMBOK.

Gonçalves, V., & Campos, C. (2016). O Fator Humano na Liderança de Projetos (3o ed). Rio de Janeiro: Brasport Livros e Multimidia Ltda.

Gupta, P. (2011). Leading Innovation Change - The Kotter Way. International Journal of Innovation Science, 3(3), 141–150. https://doi.org/10.1260/1757-2223.3.3.141

Hornstein, H. A. (2015). The Integration of Project Management and Organizational Change Management is Now a Necessity. International Journal of Project Management, 33(2), 291–298. https://doi.org/10.1016/j.ijproman.2014.08.005

Jarocki, T. L. (2011). The Next Evolution - Enhancing and Unifying Project and Change Management: The Emergence One Method for Total Project Success (2o ed). Princeton-NJ: Brown & Williams Publishing.

Kotter, J. P. (2013). Liderando Mudanças (2o ed). Rio de Janeiro: Elsevier Editora Ltda.

Laville, C., & Dionne, J. (1999). A Construção do Saber: Manual de Metodologia da Pesquisa em Ciências Humanas. Belo Horizonte; Porto Alegre (RS): Ed. da UFMG : ARTMED.

Lehmann, S. (2017). Bridging Strategies and Action: Towards a Method for Change Management in Danish Emergency Management Organizations. Journal of Change Management, 17(2), 138–154. https://doi.org/10.1080/14697017.2017.1301060

Lewin, K. (1951). Field Theory in Social Science. Oxford, England: Dorwin Cartwright.

Lundy, V., & Morin, P.-P. (2013). Project Leadership Influences Resistance to Change: The Case of the Canadian Public Service. Project Management Journal, 44(4), 45–64. https://doi.org/10.1002/pmj.21355

Marconi, M. de A., & Lakatos, E. M. (2009). Fundamentos da Metodologia Científica (6o ed). São Paulo: Editora Atlas S. A.

Mdletye, M. A., Coetzee, J., & Ukpere, W. I. (2014). Do People’s Perceptions of Change have an Influence on the Status of Change? Lessons from the Department of Correctional Services of South Africa. Mediterranean Journal of Social Sciences, 5(4), 32–46. https://doi.org/ 10.5901/mjss.2014.v5n4p32

Mota, E. B. (2013, setembro). Stakeholders e Gestão da Mudança - Uma Abordagem Comportamental. Mundo Project Management, (52), 74–78.

Parker, D., Charlton, J., & Ribeiro, A. (2013). Integration of Project-based Management and Change Management - Intervention Methodology. International Journal of Productivity and Performance Management, 62(5), 534–544.

Pinto, M. C. S., & Souza, C. L. C. de. (2009). Mudança organizacional em uma empresa familiar brasileira. Revista de Administração Pública, 43(3), 609–635.

Pollack, J. (2016). The need for integration between organizational project management and change management (Vol. 2016-December, p. 1245–1249). Apresentado em International Conference on Industrial Engineering and Engineering Management, Bali - Indonesia.

Project Management Institute. (2013). Um Guia Do Conhecimento Em Gerenciamento De Projetos (PMBOK) (5o ed). Atlanta - EUA: PMI Publications.

Project Management Institute. (2016). Gerenciando Mudanças nas Organizações - Um Guia de Práticas. São Paulo: Saraiva.

Rebeka, E., & Indradevi, R. (2015). A Study on Perception of Employees during Change in an Organization. Mediterranean Journal of Social Sciences, 6(1), 72–79. https:// doi.org/10.5901 /mjss.2015.v6n1p72

Rittenhouse, J. (2015). Improving Stakeholder Management Using Change Management Tools. Apresentado em PMI Global Congress Proceedings, Orlando, Florida, USA: Project Management Institute. Recuperado de http://www.pmi.org/learning/library/improve-stakeholder-management-9901

Thomas, D. R. (2006). A General Inductive Approach for Analyzing Qualitative Evaluation Data. American Journal of Evaluation, 27(2), 237–246. https: //doi.org/10.1177/ 10982140052 83748

Trochim, W. M. (1989). Outcome Pattern Matching and Program Theory. Evaluation and program planning, 12(4), 355–366.

Wisse, B., & Sleebos, E. (2016). When Change Causes Stress: Effects of Self-construal and Change Consequences. Journal of Business and Psychology, 31(2), 249–264.




DOI: http://dx.doi.org/10.5585%2Fiptec.v6i2.148

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista InovaçãoProjetos e Tecnologias - IPTEC / e-ISSN:2318-9851

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.